Retromotoca

Museu Virtual :::::::::: (NENHUM PRODUTO ESTÁ A VENDA)

Atari 2600 janeiro 15, 2010

A Atari (palavra retirada do jogo japonês Go, equivalente a xeque, do xadrez) foi fundada pelo engenheiro elétrico Nolan Bushnell. Em 1972, Nolan lançou o arcade Pong (na onda do ping-pong da Odyssey) que, sendo grande sucesso de vendas, o encorajou a lançar, dois anos depois, uma versão caseira deste jogo, o Home Pong.
Nolan vendeu o controle da empresa em 1976 para a Warner, ficando com o cargo de presidente. Depois de um ano de trabalho e muitos milhões de dólares, sai o Atari VCS (Video Computer System), primeiro console caseiro com jogos bem feitos e gráficos coloridos.
Brasil, 1983. Em maio é lançado timidamente o primeiro clone do Atari nacional, Dactari, pela Sayfi. No mesmo mês, o Odyssey, fabricado pela Philips, entrou no país em grande estilo. Em agosto do mesmo ano, outro clone: o Dynavision, da Dynacom.
Mas o console mais esperado (o original), chegou no final desse mesmo mês. Lançado no Brasil pela Polyvox/Gradiente, o Atari 2600 Vídeo Computer System veio com grande campanha publicitária e tornou-se uma febre. O comercial dizia: “Um inimigo está chegando. E vai invadir sua casa”.

Atari 2600

Atari 2600 detalhe

Com o console em casa, o público queria mais e mais cartuchos de jogos. Mas enquanto aqui havia poucos jogos nas lojas, nos EUA eram centenas. Aproveitando-se disso, empresas brasileiras copiavam jogos gringos e lançavam aqui, em um tipo de pirataria oficial com o aval da legislação da época. Em 1984 contavam-se mais de 20 empresas lançando cartuchos compatíveis com o Atari, alguns deles com 2 jogos ou mais, selecionáveis por meio de chaves.
Outras empresas que lançaram seus consoles após a Atari: a CCE com o Supergame e a Dismac com seu VJ 9000.

Cartuchos PacMan e E.T.

Essa era a cara dos cartuchos oficiais da Polyvox. Até onde sabemos, o jogo E.T. nem chegou a ser lançado oficialmente aqui, já que o extraterrestre se tornou símbolo do maior fracasso da história da Atari: em 1982, portanto antes mesmo da chegada do console no Brasil, a empresa decidiu apostar alto numa versão game do sucesso de Steven Spielberg, já que vinha perdendo cada vez mais espaço para os novos consoles que surgiam, como Intellivision e Colecovision. O problema é que o jogo revelou-se uma terrível frustração, praticamente incompreensível. Somando-se ao fato de que àquela época os preços dos cartuchos haviam caído vertiginosamente devido à profusão de títulos e desenvolvedores, a Atari decidiu que valia mais a pena enterrar os 5 milhões de cartuchos de E.T. que encalharam no meio do deserto do Novo México.

Cartuchos compatíveis

outros cartuchos compatíveis

Portanto, enquanto o mercado de games estava apenas começando por terras tupiniquins, a Atari já ia mal das pernas nos EUA. Com a excessiva concorrência de outros consoles e a entrada dos jogos de computador no mercado, os lucros caíram e a marca foi vendida pela Warner para um investidor americano, que encerrou a fabricação dos games em 1984.
O renascimento dos games viria do Japão: em Outubro de 1985 a Nintendo lançava o NES (Nintendo Entertainment System) nos EUA, alcançando grande sucesso de vendas e inaugurando uma nova geração de videogames. Carinhosamente apelidade de Nintendinho, o NES chegou ao Brasil em 1988 também sob a forma de um clone, o Phantom System, da Gradiente. No ano seguinte foi a vez da maior concorrente da Nintendo, a Sega, lançar seu Master System no Brasil através da Tec Toy.

::

Lembranças:
• Jogar Decathlon e quebrar o joystick ao fazer o sprint da corrida de 1.500 m;
• Cartuchos de 8 quilobytes de memória eram chamados de “série ouro” por aqui. Os de 4 e 2 K, “série prata”.
• A Dismac traduziu alguns nomes de jogos. Pitfall virou Pantanal e Freeway, BR-101. Céus…

Fonte: Revista Flashback nº6, Ed. Abril, setembro de 2005.

::

Para saber mais:

pt.wikipedia.org/wiki/Atari

www.atari.com.br/historia/index.html

Para jogar:

ataritimes.com/jstella

stella.sourceforge.net/downloads

Para comprar:

www.amazon.com

::

No final dos anos 90, a dupla de música eletrônica Projecto Golden Shower, composta por Carlos Bêla e Roger Marmo, homenageou a era Atari através de uma música, Video Computer System, produzida exclusivamente com efeitos sonoros retirados de jogos do console. Em 2000 a música ganhou um videoclipe, produzido pela produtora Lobo, que ganhou o troféu de melhor videoclipe de música eletrônica no Video Music Brasil da MTV, naquele mesmo ano.

Anúncios
 

14 Responses to “Atari 2600”

  1. Carla Says:

    Eu ainda tenho o meu Atari da década de 80 e ele ainda funciona, apesar dos jogos modernos, meus filhos gostam de jogá-lo, tenho também o Tele (ou TV) jogo, mais antigo ainda.

  2. Patricia Says:

    Nossa, eu tenho o atari até hj, com vários cartuchos aí…
    faz tempo q não jogo mas creio que ainda funciona direitinho rsrsrsrs…

  3. fernanda gracetto Says:

    eu tenho oesse aparelho ainda…. e funcioana….
    e tenho o album do plocmonster, faltando 1 figurinha….

  4. Tatiana Says:

    Poxa, que legal esse site.
    Lembro-me que quando o cartucho não funcionava, tinha que tirá-lo e dar uma assoprada.
    Saudades!!!!

  5. Anderson Fonseca Says:

    eu faço parte da mao comu de atari 2600 do orkut..

    lá agente fal tudo e disputa records.
    Se quiser entra ae..

    http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=61373

  6. Marcio Says:

    rsrsrsrs… Aquele jogo do ET praticamente faliu a atari.

  7. Telejogo, Atari, Fofolete… Várias lembranças da infância! Muito bom!!!

  8. Telejogo, Atari, Fofolete… Várias lembranças da infância! Muito bom!!!

  9. Daniel Says:

    Gostei demais,me fez lembrar os bons tempos,a propósito tenho um joginho,que não me lembro da época mas jogava muito,e fuçando as gavetas encontrei,só que não funciona mais,sera que poderia colocar uma foto dele para ver se alguem se lembra do nome deste jogo.

  10. edsonjnovaes Says:

    Para conhecimento e apreciação.

    Disponível 2/abr/2016 em:

    http://www.cancerianosemlar.com.br/


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s