Retromotoca

Museu Virtual :::::::::: (NENHUM PRODUTO ESTÁ A VENDA)

Feliz dia das crianças! outubro 11, 2014

Olás! Quanto tempo…

Resolvemos aproveitar o Dia das Crianças para atualizar nosso blog. E o tema deste post tem tudo a ver com a data: doces da nossa infância que ainda estão no mercado. Aqui perto de casa, na cidade de São Caetano do Sul – SP, há depósitos de doces onde achamos facilmente as guloseimas abaixo. Tudo com gostinho de anos 80… nham!

:

Lembram desses pirulitos “chupeta”? A forma como são vendidos continua igual, com os saquinhos presos por um arame. O sabor também é o mesmo, puro açúcar queimado sem aromatizantes.

display pirulito-chupeta

Display pirulito-chupeta

pirulito-chupeta

pirulito-chupeta

:

Esses doces são clássicos: chocolate Lollo, paçoca Amor, balas Dimbinho (hortelã, tutti-frutti e coco), Pingo de Leite, doce de amendoim Gibi e Skate.

doces diversos

Lollo, paçoca amor, balas dimbinho, pingo de leite, doce de amendoim gibi e skate.

:

E agora, a principal razão deste post… olha quem voltou! O arrozinho doce, assim como o famoso macarrão doce (um dos nossos posts mais populares), estão sendo fabricados aqui em São Paulo por uma empresa do Itaim Paulista, ZL.

Arrozinho flocos doce

Arrozinho flocos doce

Visite nossa categoria “Guloseimas” e veja outros doces que marcaram nossa infância, como Dadinho, Pirulito Bolete, Chocolate Surpresa e muitos outros. Até mais!

Anúncios
 

Caixa de lápis Multicolor 36 cores – Johann Faber/ Faber Castell novembro 23, 2012

Filed under: : Cacarecos : — retromotoca @ 12:02 pm
Tags: , , ,

Caixa de lápis Multicolor 36 cores, Johann Faber/ Faber Castell. Se você foi criança no final dos anos 70 e começo dos 80, provavelmente pintou seus desenhos mimeografados com cores de nomes exóticos como verde da prússia, terracota, verde berilo e heliotrópio. Objeto de desejo de muitos, naquela época uma caixa dessas custava caro, e geralmente era presenteada por tios ou padrinhos que queriam incentivar os dotes artísticos dos pequenos. Alguns agradeciam com um sorriso amarelo canário, decepcionados por não ganhar uma Susi com vestido bordô ou um Falcon com sua sunga azul cobalto. Outros, porém, jamais se esqueceram desses tesouros, e provavelmente se tornaram designers, arquitetos ou artistas plásticos, tendo seu primeiro vislumbre de uma escala Pantone graças à sequência das cores em ordem na caixa.

Não conseguimos determinar exatamente a época de fabricação desse conjunto, mas deduzimos que ele seja da década de 1970 – não só pela embalagem multicolorida, mas pelo fato dos lápis ainda exibirem a marca Johann Faber, presente no Brasil desde os anos 30 e adquirida algumas décadas depois pela Faber-Castell, que no início dos anos 80 finalmente passou a nomear seus produtos da forma mais conhecida (como no caso desse conjunto, lançado por volta de 1983).

PS: Para quem estiver se perguntando o que é esse tal de “heliotrópio”, trata-se de um violeta rosado, batizado a partir da flor de mesmo nome.

::

Caixa lápis de cor antiga Faber Castell

Caixa lápis de cor antiga Faber Castell

lápis multicolor 36 cores

lápis multicolor 36 cores

::

Lista completa dos lápis com seus números e respectivos nomes das cores:

1 – branco; 2 – salmão; 4 – rosa; 7 – bordô;

9 – carmim; 12 – vermelho; 13 – vermelhão; 140 – alaranjado escuro;

14 – alaranjado claro; 15 – amarelo ouro; 16 – amarelo canário; 17 – amarelo limão;

22 – ocre; 23 – terracota; 24 – roxo terra; 25 – siena queimada;

26 – marrom escuro; 27 – sépia; 28 – terra de sombra; 32 – verde oliva;

33 – verde primavera; 34 – verde vegetal; 35 – verde musgo; 36 – verde mar;

37 – verde da prússia; 42 – verde berilo; 45 – azul celeste; 50 – azul ultramar;

51 – azul cobalto; 53 – azul escuro; 54 – lilás; 55 – violeta;

56 – heliotrópio; 57 – cinza prata; 58 – cinza pardo; 60 – preto

 

Álbum “Bebê a Bordo” maio 24, 2012

Álbum de figurinhas da novela “Bebê a Bordo”, Ed. Globo, 1988. Ilustrações de Cesar Lobo.

No mesmo estilo do álbum “Que Rei Sou Eu?”, continha fotos dos principais atores, personagens com seus respectivos bordões e um pôster de caricaturas.

::

Capa álbum Bebê a bordo

Figurinhas Bebê a bordo

Detalhe pôster Bebê a bordo

::

Um resumo da novela, segundo o Almanaque dos Anos 80:

” Bebê a bordo espalhou duas modas entre junho de 1988 e fevereiro de 1989: os lenços usados na cabeça por Rei (Guilherme Fontes) e a expressão ‘levar uns coelhos’ – algo como afogar o ganso – que Rei e seu irmão Rico (Guilherme Leme) diziam sempre. A dupla, adorada pela mulherada, morava numa fábrica desativada, para onde foi Ana (Isabela Garcia) logo depois de dar à luz dentro de um carro, no meio da rua. O bebê, Heleninha, era o fio condutor da história e ao longo da trama cinco crianças fizeram o papel da menininha.”

::

Veja a abertura da novela:

 

Catálogo Jogos Estrela Anos 80 janeiro 13, 2012

//Em primeiro lugar gostaríamos de pedir desculpas pelo sumiço. Há tempos não postamos nada novo, pois os últimos 7 meses foram caóticos para nós. Passamos por uma mudança complicada, excesso de trabalho (= menos tempo livre) e a descoberta de que seremos pais pela primeira vez (e de que precisaremos esconder nossa coleção de Playmobil). Tentaremos colocar as coisas em ordem, postar as colaborações que estão na fila de espera e responder os e-mails com maior rapidez. Obrigado pela paciência!//

::

Catálogo Jogos Estrela Anos 80. Datado provavelmente de 1986/87, este pequeno catálogo mostra os jogos (e alguns brinquedos) que estavam no mercado nessa época.

Dentre os jogos vemos vários clássicos presentes nas lojas até hoje, após centenas de reedições e recauchutagens: Jogo da Vida, Detetive, Combate, Banco Imobiliário etc., assim como muitos que se perderam no tempo e só sobrevivem na memória dos poucos que os jogaram na época: Lance Final, Rapa Mão, Tira Põe Duck Tales, Gira-Cópia, Corrida Cruzada…

::

catálogo estrela anos 80

catálogo estrela anos 80

::

Para visualizar o catálogo completo clique aqui (parte 1) e aqui (parte 2).

::

Alguns destes jogos ou brinquedos já foram postados aqui. Relembre:

• Disney Molde;

• Combate;

• Detetive;

• Jogo da Vida.

::

Comercial Cara a Cara:

::

Comercial Ping-Porc

::

Comercial Vira Monstro Vira Herói

::

Agradecemos ao Marcelo Patti, da Patti Toys, por nos ter dado este catálogo de presente. Obrigado!

 

Álbum Turma do Paulistinha julho 5, 2011

Álbum Turma do Paulistinha. Ed. Abril, 1980. Ilustrador: Waldyr Igayara de Souza.

Uns 30 anos antes da Nota Fiscal Paulista, o governo do estado (então sob comando de ninguém menos que Paulo Salim Maluf) já havia bolado uma maneira de incentivar os consumidores a exigir as notas fiscais de suas compras. Foi criado um personagem, o Paulistinha, e um álbum de figurinhas que, ao invés de ser vendido em bancas de jornal, era obtido em postos especiais em troca de notas fiscais, cupons de máquina registradora etc. Uma vez completado o álbum, você o levava até a repartição da Secretaria da Fazenda mais perto de você e recebia um cupom numerado (e seu álbum de volta, claro, ainda que com um belo carimbo de CANCELADO por cima de todas as figurinhas). A partir de então era torcer para seu cupom ser sorteado e você ganhar um dos 51.448 prêmios, como automóveis Belina ou Dodge Polara, refrigeradores, aparelhos de som 3 em 1 e TVs de 20 polegadas.

O álbum em si, apesar da ilustrações bacanas, assemelhava-se a uma aula de Educação Moral e Cívica, com páginas dedicadas aos poderes da República, ao funcionamento do sistema fiscal, a personagens e fatos importantes da história de São Paulo e por aí vai, tudo bem naquele clima de final do regime militar.

Álbum Turma do Paulistinha

Álbum Turma do Paulistinha

Figurinhas Turma do Paulistinha

Figurinhas Turma do Paulistinha

Prêmios

Prêmios

tv anos 80

tv anos 80

Aparelho de Som anos 80

Aparelho de Som anos 80

 

Coleção Brinque e Aprenda maio 20, 2011

Filed under: : Livros e Publicações :,: Música : — retromotoca @ 12:46 pm
Tags: ,

A Andrea, do Superziper, nos trouxe mais uma colaboração tirada do fundo do baú! Obrigado novamente, Andrea!

Olha o que eu achei! Esta coleção Brinque e Aprenda da Abril foi lançada em 1980, pós-disquinho colorido. Também era bem legal, servia para ensinar  inglês para crianças e vinha com um LP compacto, história para ler  e um livro de atividades.

Quem disse que nos anos 80 não havia material didático multimídia?

Discos Brinque e Aprenda

Discos Brinque e Aprenda

Coleção Brinque e Aprenda

Coleção Brinque e Aprenda

 

Jogo Graphos janeiro 15, 2011

Filed under: : Brinquedos : — retromotoca @ 1:28 am
Tags: ,

Jogo Graphos. Grow, 1982. Essas imagens foram uma contribuição de Alexandre Ariello Silva. Fã do “Volta ao Mundo”, Alexandre lembrou deste outro jogo esquecido dos anos 80 e foi atrás das imagens para nós. Graphos era um jogo de cartas cujo objetivo era formar combinações não só de números e cores, mas também de letras a fim de compor palavras.

Valeu, Alexandre!

 

Jogo Graphos Grow

Jogo Graphos Grow

cartas graphos

cartas graphos

painel jogo graphos

painel jogo graphos

Para ver a caixa e ter mais informações, visite: boardgamegeek.com/boardgame/10378/graphos